Graduação – Como funciona? Sane todas suas dúvidas!

A graduação é uma etapa que pode ou não fazer parte da nossa vida, dependendo de nossos objetivos e sonhos. Nós podemos fazê-la depois de concluir o ensino médio e ela nos gera o diploma de nível superior, tão necessário por quem deseja conseguir um bom emprego no mercado de trabalho.

Apesar de ser possível construir uma belíssima carreira sem esse diploma, ele pode facilitar muitas coisas para muita gente.

Existem vários tipos de graduação e atualmente ela nem precisa ser feita de modo 100% presencial, como é o modelo tradicional.

A graduação também se tornou mais inclusiva ao longo dos anos, permitindo que pessoas de baixa renda também tivessem acesso a ela por meio de iniciativas e programas de ingresso.

Para quem deseja entender melhor a graduação e tudo que ela engloba, confira todas as informações a seguir!

O que é?

A graduação possui relação com o ensino superior, como já mencionamos. Pode ser entendida como um “título universitário recebido por um indivíduo” e pode ser realizada por cada cidadão após a conclusão do ensino médio que compõe a educação básica.

Se trata de um termo que se refere a uma formação superior completa que qualifica o indivíduo a exercer a profissão na qual se graduou, aumentando suas chances de conseguir uma vaga mais qualificada no mercado de trabalho e que também ofereça melhores benefícios. A graduação é oferecida em nosso país por meio das instituições de ensino superior, conhecidas como IES.

Essas instituições, por sua vez, podem ser classificadas como: faculdade, universidade ou centro universitário. O MEC é quem autoriza o funcionamento dos cursos superiores e os avalia, assim como cada instituição, a fim de melhorar a qualidade do ensino oferecido a todos os brasileiros.

Tipos de Graduação

Existem, de modo geral, três tipos de graduação em nosso país: o bacharelado, a licenciatura e o tecnólogo. Todos eles geram um diploma de nível superior, mas há algumas diferenças importantes entre cada tipo e que deve ser levado em conta na hora de escolher como você irá se qualificar.

O bacharelado é a graduação mais tradicional e conhecida. É responsável por capacitar os estudantes para que estejam aptas a atuar em uma das áreas de sua formação.

Geralmente ao fazer um bacharelado em uma profissão, você está apto a atuar em qualquer uma das áreas que ela engloba. Se trata de uma modalidade de curso bem amplo e com matérias que abrangem diferentes assuntos para que o estudante possa conhecer um pouco de cada área e assim escolher aquela na qual irá trabalhar de fato.

Graduação

Quem faz um curso bacharelado se forma estando treinado para atuar em diferentes situações do mercado de trabalho. Muitas vezes, o curso bacharelado também engloba um estágio obrigatório que contribui ainda mais com o desenvolvimento do estudante. O curso de bacharelado pode durar de 4 a 6 anos, dependendo do curso escolhido.

Já a licenciatura é uma graduação voltada para aquelas pessoas cujo objetivo é lecionar, ou seja, dar aulas. Grande parte da grade curricular tende a ser mais específica, mas ainda assim capacita o estudante para que possa atuar de forma pedagógica e passar adiante o seu conhecimento.

Nesse tipo de graduação, o estudante passa por treinos e fica ciente de várias técnicas que irão ajuda-lo a lidar com seus alunos e a ensinar de forma didática. O profissional sai do curso capacitado para atuar na rede básica de ensino, composta pelo ensino fundamental e médio.

O estágio também é obrigatório em todos os cursos de licenciatura, sem falar nas aulas práticas para capacitar ainda mais como profissional. De acordo com o curso escolhido, a licenciatura pode demorar de 3 a 4 anos e meio para ser concluída.

Na graduação ainda há os cursos tecnológicos que capacitam profissionais para atuarem em áreas mais específicas do mercado de trabalho e de uma profissão. As matérias são mais focadas, diferente do bacharelado.

É possível encontrar atualmente cursos de diversas áreas na modalidade de graduação tecnológica. Os cursos tecnológicos tendem a durar menos, em média de 2 a 3 anos, dependendo do curso escolhido.

Quem pode fazer uma graduação

A graduação pode ser feita por qualquer indivíduo que tenha concluído a Educação Básica, composta pela escolinha, ensino fundamental e ensino médio. Se você atende tais requisitos, está apto a fazer uma graduação.

No entanto, para de fato ingressar em uma universidade, é preciso fazer o Enem e se inscrever em programas como Sisu, ProUni, Fies e outros. No caso das faculdades privadas, pode ser preciso fazer o vestibular.

Diferença entre Bacharel e Licenciatura

Há sempre uma grande dúvida sobre a diferença entre o bacharelado e a licenciatura. A principal diferença entre as duas modalidades de graduação é que uma é focada em qualificar e capacitar os profissionais para atuarem no mercado de trabalho, enquanto outra é focada para capacitar professores para a sala de aula.

Se formando em um curso bacharelado você deverá exercer a sua profissão em uma das áreas que ela engloba. Já na licenciatura, você se formará para dar aulas, atuar de forma pedagógica repassando os seus conhecimentos. Você terá permissão para dar aulas sobre o curso escolhido para os níveis de ensino fundamental e médio.

Graduação

Você deve escolher, portanto, com base no que deseja fazer: atuar no mercado de trabalho ou lecionar em uma sala de aula.

Diferença entre o Semipresencial e EAD

Outra grande dúvida que surge para as pessoas é sobre a diferença entre os cursos semipresenciais e a distância, chamados de EAD. Os cursos semipresenciais são aqueles que não são totalmente presenciais nem a distância.

Pode ser um curso presencial que englobe diversas atividades a distância ou, ao contrário, quando um curso EAD possui muitas atividades presenciais.

Já o curso a distância, EAD, são aqueles que grande parte das atividades são realizadas a distância, por meio de uma plataforma virtual disponibilizada pela faculdade. Ainda assim, é preciso comparecer pelo menos uma vez por semana ou por mês de forma presencial na faculdade.

Formas de ingresso

Há diferentes formas de ingresso na graduação. As formas de ingresso são diferentes para as instituições privadas e públicas. No caso das instituições públicas, a principal forma de ingresso é o Sisu que acontece duas vezes por ano.

Para se inscrever no programa, o candidato deve ter feito o Enem do ano anterior, não podendo ter zerado a redação e tirado pelo menos 450 pontos nas áreas de conhecimento.

Já no caso das instituições privadas, varia de acordo com cada uma. Algumas aceitam a nota do Enem, outras possuem o seu próprio vestibular, além de que a grande maioria disponibiliza suas vagas pelo ProUni que funciona de modo muito parecido com o Sisu, mas oferece bolsas parciais e integrais para quem não tem condições de arcar com as mensalidades do curso.

Para participar do ProUni também é cobrada a nota do Enem. Em algumas faculdades privadas, eles possuem o vestibular e também aceitam a nota do Enem para oferecer algum tipo de desconto na mensalidade.

Você deve acessar o site da instituição e conferir quais são as notícias e formas de ingresso que ela disponibiliza aos estudantes. No caso dos programas como Sisu, ProUni e Fies, o MEC divulga seus cronogramas no início de cada semestre, que é quando eles são realizados.

Fique de olho em todas as notícias para ficar por dentro dos detalhes e saber exatamente como participar.

Vantagens da Graduação

A graduação é recheada de benefícios e traz muitas vantagens para a nossa vida profissional e também pessoal. Ela proporciona o nosso crescimento pessoal, pois proporciona experiências únicas e que só podem ser vividas nesse ambiente da graduação.

Através da faculdade você será capaz de desenvolver uma série de habilidades interpessoais que irão contribuir para o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Você aprenderá a trabalhar em equipe, como negociar (dependendo do curso), conseguirá aumentar a sua produtividade, organizar o seu tempo e muito mais.

Talvez a vantagem principal é a possibilidade de construir uma carreira sólida que, em muitos casos, só pode ser proporcionada pela graduação e pelo diploma de nível superior.

Graduação

A melhor maneira para adquirir posições melhores e construir a sua carreira é estudando e sempre adquirindo novos conhecimentos. Outra grande vantagem da graduação é que ela pode proporcionar estabilidade financeira.

É comprovado que aqueles que possuem um diploma de nível superior acabam ganhando melhor e ocupando melhores posições no mercado de trabalho. Obter a independência e estabilidade financeira é objetivo de muitas pessoas, mas que para conseguir, é preciso estudar bastante e a graduação poderá ser uma grande aliada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.